Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Birras demasiado sérias

By Minerva, em 15.02.17

Como referi no último post admiro quem tem tempo para se dedicar a um blog, é um projeto interessante, enriquecedor de tantas e diversas formas, pela partilha, pelos conhecimentos travados com pessoas que de outra forma nunca nos cruzaríamos.

O objetivo deste blog sempre foi exorcizar demónios, queimar pensamentos que me assolam, desopilar, uma fuga para os dias em que a tela do ecrã me pesa demasiado e em que me sinto compelida a mudar a paisagem e o contexto, dessa necessidade nasceu o blog.

Sou uma pessoa deveras ocupada, com uma vida profissional exigente e uma vida social preenchida, falta-me tempo para fazer tudo o que gosto e por mais que goste de ter um blog não tenho tempo para cuidar dele e não tive outra solução do que me resignar a escrever esporadicamente.

Entretanto pedi à minha assistente, a única pessoa que sabe que tenho um blog, para ir controlando o e-mail do blog e as suas reações, não que estivesse à espera de ser contatada, mas não quis deixar o projeto totalmente ao abandono.

 

Para meu espanto esta segunda recebo um e-mail com a informação do blog, alguém haveria realizado um link para o blog, à primeira vista não estava a identificar o assunto, mas a minha memória logo associou o nome Filipa ao nome Mafalda.

Não abri, já sabia que dali não surgiria nada de bom e o melhor seria ignorar, tenho pouca paciência para pessoas que não têm sentido de humor, quando à falta de poder de encaixe se juntam a falta de sentido crítico e de resignação e uma visão toldada pela construção de uma realidade muito própria e alternativa a única coisa que se pode fazer é ignorar.

Não há muito a dizer a alguém que vive centrado em si mesmo, que não aceita nenhuma opinião além da sua e que vive em constante incoerência, deve ser insuportável viver sempre no limbo entre o que se escreve e o que realmente se faz.

Estava decida a ignorar até hoje quando a minha assistente que é também uma amiga próxima me questionou sobre o assunto, quando lhe disse que nem sequer tinha aberto o link a resposta dela surpreendeu-me, disse-me que claramente não haveria lido, pois se tivesse lido com certeza haveria um novo post no blog e não havia nenhum.

Com esta observação senti-me obrigada a abrir e ler o que a Filipa tinha de tão importante para me dizer para me mencionar pela terceira vez, por mais que me custe estar a dar-lhe tempo de antena o que li no seu blog é demasiado grave para que me remeta ao silêncio.

 

Filipa,

Antes de mais deixe-me dizer-lhe que tenho todo o respeito por pessoas que sofrem de síndromes de transtorno de personalidade, segundo li no seu blog foi-lhe diagnosticada Síndrome de Borderline, também chamada de transtorno de personalidade limítrofe, esta síndrome é caracterizada por mudanças súbitas de humor, medo de abandono pelos amigos e comportamentos impulsivos.

Em outras ocasiões menciona que é bipolar, fica-se sem saber se também lhe foi diagnóstico o transtorno bipolar, as duas condições são por vezes confundidas e difíceis de diferenciar, mas se é seguida corretamente deverá saber se tem transtorno de personalidade limítrofe ou um transtorno bipolar, ou ambas.

Muitas pessoas afirmam-se como bipolares sem conhecerem o real significado deste transtorno, enquanto a síndrome de Borderline é um transtorno de personalidade, a bipolaridade é um distúrbio mental, bem mais grave e com maiores consequências na vida do doente, se é doente mental talvez deva procurar ter outro tipo de acompanhamento.

Apesar do seu discurso incoerente e do claro egocentrismo, não me parece que sofra de bipolaridade, mas não sou especialista.

 

Em todo o caso, a Filipa claramente tem um problema de compreensão, tem uma forma muito própria de ver o mundo em geral e em particular a blogosfera e isso faz com que percecione as coisas de forma singular. Mais do que um problema com este blog, está patente um problema com uma blogger bem conhecida e querida por todos dentro da comunidade do Sapo Blogs e não só.

A Filipa já teve diversos blogs que abre e encerra conforme a sua vontade, demonstrando falta de persistência, constância e objetivo, admite que a falta de interação nos seus blogs a entristece.

 

Está visivelmente a canalizar a sua frustração de não conseguir atingir os seus objetivos com o blog para o sucesso do blog Chic’ana, isso só faz com que se sinta pior, martirizar-se com o sucesso dos outros, critica-lo e tentar ridiculariza-lo só a diminui a si.

Está a expor-se sem qualquer necessidade, insistir num não assunto não é o caminho, questionar se o que determinada autora escreve é ou não digno de leitura não é produtivo, porque em última instância quem decide o que quer ler é o leitor.

 

Esta perseguição que faz não é mais do que uma perseguição a si própria, remexendo na ferida sem nunca a deixar curar, não pode justificar o facto de não conseguir os leitores, os comentários e o apoio que desejaria criticando o sucesso dos outros, é contraproducente, porque só está no fundo a afastar as pessoas que leem e a comentam e a julgar pelo que escreve e pelo que conheço do blog em questão são muitas.

Se tem consciência do transtorno que tem, deve ter consciência também que isso condiciona a forma como interage com as pessoas e como vê o mundo, por isso antes de julgar todas as pessoas como estando erradas, pergunte-se a si mesma se não será a Filipa a estar errada.

Acusam-na de mimada, porque o que a Filipa está a fazer é uma birra, embirrou com uma pessoa que não tem nada a ver consigo e com a sua situação e não consegue seguir em frente, um comportamento típico de pessoas mimadas que não conseguem aceitar que o mundo não é sempre como elas querem e desejam.

 

Deixe-se de queixumes e centre-se no que é importante, deixe de se enganar a si própria, se estivesse bem consigo não estaria constantemente a voltar ao assunto do sucesso dos blogs, é claro que ter um blog de sucesso é importante para si, aceite isso e aceite também que um blog de sucesso não se constrói em dois dias, requer tempo e dedicação, persistência, e se há pessoas que têm mais facilidade em consegui-lo é porque o seu carisma, personalidade ou forma de escrever são mais cativantes, não somos todos iguais e ninguém é excelentes em todas as matérias.

Aproveito também para lhe dizer que usar respostas dadas por pessoas a determinadas questões e usa-las para responder ou exemplificar situações completamente distintas, não é sinal de inteligência, demonstra antes dificuldade em discernir e distinguir conceitos e situações.

Não ambiciono que com este texto perceba tudo o que lhe explico, mas espero que sirva para que reflita sobre a sua atitude, tal como refere num dos seus posts, desceu na consideração de muitos bloggers, com o comportamento obsessivo e abusivo que tem demonstrado é mais do que normal que isso aconteça.

Fechar este blog e abrir outro, mudar o nome do blog e até de nome de utilizar não é a solução, pois toda a blogosfera já a conhece e o seu egocentrismo não lhe permitirá manter o anonimato por muito tempo, se quiser realmente ganhar um lugar de destaque, mude de atitude.

Este post é a última vez que lhe dirijo palavras e tempo, se quiser continuar centrada em si e achar que é a única pessoa certa no mundo, qual narcisista inveterado, o problema é acima de tudo seu.

 

Seja feliz e deixe a felicidade e o sucesso dos outros em paz.

atiçado às 17:30


57 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.02.2017 às 17:56

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Minerva a 17.02.2017 às 11:35

Aproveite bem os parcos momentos de fama, porque estão prestes a terminar.
O tempo é meu e faço com ele o que bem entender e só eu sei se é desperdiçado ou não, neste caso foi bem empregue, deu oportunidade a várias pessoas de se expressarem e em última instância para esclarecer que o problema não é da blogesfera, mas da Filipa.
Entendo que não é assim porque quer, não sabe ser diferente, a sua capacidade de compreensão não lhe permite ver as coisas de outra forma.
Não precisa de ameaçar na esperança que não deixe cair este assunto por terra para continuar o seu esquema de vítima, isso não acontecerá.
Este assunto termina quando eu achar que deve terminar.
Caso se tenha esquecido, este é o meu blog, não o seu.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2017 às 00:12

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Minerva a 17.02.2017 às 11:24

A verdade é que ela não entende porque não quer entender.
E por mais argumentos lógicos e válidos que lhe apresentemos o seu estado de permanente birra e egocentrismo não lhe permitem compreender o que lhe dizemos.
Penso que existirá mais da sua doença do que aquilo que deixa transparecer, só isso justificaria a aceitação num centro de dia.
Entendo que ela não é uma pessoa como nós, tem limitações claras de compreensão, este post foi uma declaração pois quando fiz o primeiro não fazia ideia de quem era.
Concordo com a MJ quando diz que o silêncio será a melhor resposta, pois é impossível manter qualquer tipo de conversa lógica com ela, como diz não entende nem linguagem de adultos, nem de crianças.
Acredito que muitas das pessoas que comentaram este post passem a ignora-la, o seu comportamento irá causar o que ela mais teme - ser ignorada e esquecida, só ela é que não percebe isso.
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae, a "egocêntrica" a 17.02.2017 às 17:19

Mais uma vez obrigada a todos por me terem posto a carapuça na minha cabeça, e obrigada pelo achincalhamento que me proporcionaram.

Fechei o blog e não tenciono desta vez não voltar mais a este mundo, e desta vez É MESMO DEFINITIVO, MAS MESMO, MESMO MESMO. Ponderei bastante, e pensei muito em tomar esta decisão, e como sou vista pelas piores razões, e como a vítima, a coitadinha, a egocêntrica, só tenho a dizer ADEUS, já que procurei outros caminhos mais felizes, e não preciso de bloggers mesquinhos continuarem a achincalharem-me forte e feio, com ataques na blogosfera para mancharem mais a minha imagem virtual.
Nunca precisei de amigos virtuais que me tratassem mal, mas ao que parece criei grande inimigos aqui, e ainda bem, foram vocês que quiserem esta guerra toda, e não fui eu a vitimar-me sozinha, foram vocês que expuseram tudo para me verem lá a bater no fundo dos infernos, porque senão, a dona Minerva não tinha escrito este lindo texto, limitava-se a ficar caladinha, já que nem o seu nome verdadeiro NÃO É Minerva, e limita-se a esconder atrás de uma boneca, e a mandar-me calar, quando ela nem sequer gosta de ouvir as verdades.

Assinei o comentário como "Filipa Bae, a egocêntrica" porque aos olhos da blogger que me mandou calar, a shô dona Minerva sou assim, portanto ao menos fui sincera, já que sou assim achincalhada pela net fora. Enfim...já dizia Manuel Luís Goucha...às pessoas que se preocupam muito com a vida dos outros, fica um conselho...arranjem uma vida, talvez aquilo que muitos bloggers daqui deviam fazer, não sei, é só um conselho, mas quem sou eu para dar conselhos, já que sou uma ignorante, besta, egocêntrica, mimada, egoísta e puta (ah desculpem, isso não era para se dizer).

Enfim...obrigada por me rebaixarem! Sejam felizes, ou não, é convosco!
Imagem de perfil

De Minerva a 17.02.2017 às 17:55

A Filipa ainda não entendeu que o "achincalhamento" que fala foi criado por si?
Foi a Filipa que continuou a insistir num assunto que estava terminado?
Fiz uma sátira ao seu post e nunca mais pensei em si. Mas a Filipa foi incapaz de seguir em frente, insistiu em falar de mim num blog que nem sabia que era seu, com direito a links para garantir que não passava despercebida.
O que é que esperava? Que ninguém lhe respondesse?
Que alguém lhe pedisse desculpas?
E a perseguição que fez à Ana só porque tem um blog com mais sucesso que o seu? Estava à espera que as pessoas não percebessem que tudo não passa de inveja da sua parte?

Achava que podia estar sistematicamente a falar de mim sem resposta?
Pensou que não seria exposta? Porque motivo não seria? Por pena?
É isso que quer que sintamos por si?
Vitimizou-se sozinha, por mais que lhe custe admitir, foi isso que aconteceu.

Continua a fazer-se de vítima e ainda tem o descaramento de mentir.
Não a mandei calar, a Filipa é que achou que me podia mandar calar.
Não vi aqui ninguém chamar-lhe besta e muito menos de p...

Está à espera que alguém leia este comentário se compadeça por si?

Não consegue enxergar a diferença entre uma opinião polida e educada do vociferar raivoso que debita em cada comentário?
Não percebe a diferença entre uma opinião elaborada e fundamentada de um rol de desculpas inócuas e sem sentido que faz nos comentários, dignas de uma criança?

A Filipa faça o que bem entender do blog e da sua vida, tal como lhe disse a minha atenção a este assunto esgota-se neste post.

Não tem de quê.


Sem imagem de perfil

De Filipa Bae, a "egocêntrica" a 17.02.2017 às 19:38

E porquê é que tinha necessidade de fazer aquela primeira sátira? Acha que lhe ficou bem? Não podia remeter-se ao silêncio, já que acha que fui uma fútil de primeira?
E agora tinha que fazer este post a atacar-me porquê? Fica-lhe bem atacar os outros que não têm culpa e só dizem verdades? Acha que "expor" a vida/doença dos outros que não conhecem de lado nenhum é correcto?
Já tive problemas que chegassem em toda a minha vida, seja dentro ou fora da net, não é uma cambada de bloggers mesquinhos que me vão rebaixar mais a minha auto-estima, que ao contrário do que dizem, estou muito bem da vida, muito feliz, e vocês ao fazerem estes textos vê-se que não estão nada felizes com a minha felicidade, senão não rebaixavam assim tanto uma pessoa que nem sequer conhecem de lado nenhum, só através de um blog, que até como a Psicogata disse "eu não escrevo maravilhosamente bem".
Também não preciso de escrever bem, ao menos não invento histórias com certos...ah peço desculpa, lá estou eu a ser uma mimadinha do 'crlh' a atacar quem não devo, pois.
Não viu aqui ninguém a chamar-me de puta e besta, mas de certo chamaram-me os outros nomes que mencionei, e isso a sra. nem foi capaz de rectificar. (claro que não, se são verdade...)

A dona Minerva está alertada pelo facto de quando voltar a escrever no blog e mencionar seja qual meu nome for, está em maus lençóis comigo!

Um bem-haja e deixe de ser mesquinha!
Sem imagem de perfil

De Cansas-me a beleza a 17.02.2017 às 20:57

Nada como citar esse grande poeta Manuel Luís Goucha para fazer valer o nosso, ou qualquer outro, ponto de vista. Dou-te duas semanas para voltares à blogoesfera, ou um mês porque desta vez a birra e o bate pé foram maiores que os anteriores. Ameaçar também é bullying, sabias? Não? Ficas a saber. Ficamos a aguardar ansiosamente por novo blog com novos queixumes e birrinhas.
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae, a "egocêntrica" a 18.02.2017 às 07:25

O Manuel Luís Gocuha pode não ser poeta como afirma, mas de certo é um senhor com classe e com resposta à altura, coisa que se calhar muitos bloggers não têm e adoravam ter um terço daquilo que ele ou até mesmo a Cristina Ferreira têm!
Minha querida, até podias dar os 365 dias do ano inteiro, mas esquece que eu não voltarei tão cedo a este mundo. E podes ficar sentada a aguardar o novo blog, que ele nem tão depressa irá aparecer por aqui nas redondezas! ;)
Um beijinho e veja lá se isso não lhe cansa tanto a sua beleza anónima! :D :D
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae, a "egocêntrica" a 18.02.2017 às 08:19

Ah só mais uma questão que me passou ao lado...se afirma com bom senso que ameaças é considerado bullying, então expor a vida ou a doença dos outros na blogosfera é considerado o quê? A resposta fica ao seu critério! Cumprimentos!
Sem imagem de perfil

De Tânia a 18.02.2017 às 20:19

Filipa, a doença foi exposta por ti... Tu falaste dela num dos teus blogs. Como é que alguém saberia da tua suposta bipolaridade se não fosse através de ti? Porra, que paciência...
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae a 18.02.2017 às 21:01

Eu falar no MEU blog é uma coisa, os outros falarem no blog deles é outra...quites?

Porra digo eu, que ainda têm a lata de me atacarem mais.
Sem imagem de perfil

De Tânia a 18.02.2017 às 22:32

Não. A partir do momento em que o teu blog é público e escreves o que quer que seja lá, se alguém mencionar noutro sítio qualquer, é mais que legal. A informação foi posta em esfera pública por ti. É precisamente por isso que temos que pensar muito bem antes de escrever qualquer coisa num blog, especialmente quando é público e aberto.
Ninguém te está a atacar, porque não fechas este capítulo, tentas aprender alguma coisa com o que se passou e segues em frente com a tua nova vida? Se estás feliz, isso não deverá ser problema para ti. Espero mesmo que sejas feliz na tua vida e que consigas manter-te afastada dos blogs, porque pelos vistos não te trazem alegrias. Faz o que te faz feliz.
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae a 19.02.2017 às 08:22

Sabe porque é que os blogs não me trazem alegrias como eu esperava? Porque as pessoas que estão por detrás de um monitor gostam é de rebaixar os outros, com as coisas que as pessoas publicam ao vivo, e em modo público. Foi o caso desta senhora, que foi buscar coisas que eu publiquei para me ver lá a bater no fundo, em vez de respeitar a doença que eu tenho. Eu sei aquilo que tenho, esta senhora não sabe da minha história, nem metade dela, não tinha nada que me julgar ou escrever sátiras incompetentes para me ver mal e em baixo.
Digo-lhe Tânia, fui muitas vezes julgada em praça pública na blogosfera, fora dela até ao momento nunca ninguém me julgou ou me maltratou. Aqui qualquer pessoa é livre de dizer seja o que for, mas não é com o intuito de julgar a pessoa se é fútil, mimada ou egocêntrica. Sou quem sou, só há uma coisa a ter...RESPEITO. E a partir do momento a senhora deste blog que publicou não um, mas dois textos com o meu nome lá enfiado, perdeu todo o respeito que tinha sob ela.
É pena que a blogosfera gosta disto, infelizmente...de ver os egocêntricos a serem postos à prova na verdade, e a serem rebaixados, vivemos numa sociedade em que a maldade reina e as pessoas gostam de rir da desgraça dos outros.

Eu mantenho-me firme à minha postura, sou quem sou, só mereço ser respeitada. Infelizmente na blogosfera não tive o dobro disso, mas fora dela, tive o terço, e ainda bem! :)
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae a 19.02.2017 às 12:52

Dona Minerva, só um último aviso, se quiser responder a este comentário é consigo...

Nunca lhe coloquei mal em nenhum blog, não teria que fazer o mesmo comigo, além disso as pessoas não precisam de saber a minha vida para estar aqui a dizer tudo aquilo que lhe bem apetecer. Se quer que eu respeite, também quero que me respeite ao ponto de eliminar este post. As pessoas não têm que saber de nada, entende? Se quer ter uma boa vida em paz, a única coisa que teria que fazer era ignorar o que escrevi.
Não preciso que me responda nem que me insulte, ou que diga aos bloggers que estão cá que tenho uma doença, isso são assuntos da minha pessoa, e não é preciso as outras pessoas saberem da minha vida pessoal, eu também não coloquei a sua vida pessoal no meu blog, por isso agradecia que fizesse o mesmo comigo.

Agradecia então que apagasse este post, porque a minha imagem não precisa de ser mais manchada na internet, muito menos na blogosfera. Dou o caso por encerrado da minha parte!
Sem imagem de perfil

De Alexandra a 22.02.2017 às 00:24

Se és conhecida na blogosfera desde Fev de 2015, sempre com o teu nome, sempre com blogs diferentes (desde o retro/vintage, passando pela costura, dando um toquezinho na beleza, fazendo uns podcasts de rádio e ainda cozinhando), não percebo qual é o teu problema. Tinhas tudo para ter tanto ou mais sucesso do que a Chic'Ana, principalmente porque a malta gosta de blogs diferentes e com temas variáveis. Mas não.

Tudo aquilo que dizes que os outros fazem, tu fazes 10 vezes pior. Tudo aquilo que dizes para os outros fazerem, nem tu consegues fazer. Pensa um pouco nisso. As pessoas aqui estão nas tintas para o teu vai e vem, tu não acrescentas nada de novo ou bom à vida delas. A única coisa que fazes a ti própria com essas atitudes é desgastar-te, para nós és o mesmo que as notícias do CMJornal ou um pacote de batatas fritas vazio.
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae a 22.02.2017 às 08:00

A malta não gosta de blogs com temas variáveis, como eu tive, preferem o sucesso dessa Chic'Ana e rirem da "desgraças" dela, porque como tu até disseste e bem eu teria sucesso com os blogs que tive anteriormente, mas infelizmente nenhum dos blogs de vintage, cozinha, costura, jardinagem e podcasts de rádio pegaram por aqui.
E tal como disseste eu não presto aqui na blogosfera, tanto que estou cansada deste mundo, não valho nada nem trago alegrias.
E obrigada por me rebaixares ainda mais!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.02.2017 às 21:40

A malta não gosta é de 400 blogs diferentes da mesma pessoa.
A malta não gosta é de mesquinhez.
A malta não gosta é de quando se inveja outros bloggers só porque têm mais sucesso do que nós.
A malta é assim. São uns malvados que não gostam de bloggers inconstantes e mauzinhos.
''Essa Chic'Ana'' pelo menos não inveja ninguém e não anda a fazer publicações e comentários estupidos e maldosos aos outros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.02.2017 às 10:22

Que comentário mais triste.
Comparar uma pessoa doente mental com um pacote de batatas fritas vazio é de uma tremenda ignorância. A Filipa não tem culpa de nada, agora tu vires para aqui fazer comparações ignorantes só se vê o baixo nível que as pessoas tratam os doentes!
Enfim...reduz à tua insignificância e não faças comparações de crancinhas de 3 anos!
Sem imagem de perfil

De Socorro que eu não li isto! a 26.02.2017 às 19:14

Você tratar alguém que não conhece por ''tu'' só demonstra uma das duas coisas:
1- Falta de educação
2- Ser alguém criança que ainda não diferencia como nos devemos dirigir ás pessoas

Espero que o seu caso seja o segundo pois custa-me acreditar que o nível de confiança seja grande com a autora do blog.
E só mais uma observação, a dita Mafalda aka Filipa perseguiu uma blogger com ataques invejosos e caluniosos. Se ela ter um distúrbio mental desculpa isso? Não. A educação vem do berço. Ser-se mimado não é sinónimo de se ser mal educado e invejoso. O facto de ter algum tipo de distúrbio deveria mesmo fazer com que até não se ''metesse'' com outros bloggers. A Chic'Ana sempre esteve no seu canto e até foi simpática com ela tal como é com todos. A perseguição a cada blog que cria, dando a entender que o falhanço dos seus 100 blogs se deve a ela, era desnecessária. Foi somente isso que foi posto em causa. Muito escusado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.03.2017 às 10:01

Se está tão ofendido/a pelo facto de me ter dirigido à comentadora em questão como "tu" peço desculpa pela exaltação que tive.
Mas não tolero que ataquem mais a Filipa. Eu defendo-a porque sei o que é ter Borderline, conheço uma pessoa assim e sei o quão duro é passar por isso!
Eu não conheço a Filipa muito bem, por isso não posso fazer julgamentos acerca da sua atitude! Se o que dizem é verdade, acho lamentável, a Filipa não tem culpa da sua atitude, ela tentou o seu sucesso mas claro foi mal vista por todos. Ela até escrevia bem nos seus blogs, fazia podcasts de rádio muito bons, mas claro ninguém lhe passava cartão, a Chic'Ana é que é a boazinha que escreve histórias engraçadas, e a Filipa é a má da fita que escreve mal como tudo. Enfim, fiquem lá com a vossa opinião perante a Filipa, e só digo isto...ainda bem que ela saiu dos blogs, assim não tem que levar com a vossa opinião invejosa e egoísta! Fique bem!
Sem imagem de perfil

De Mais anónima que todos os anónimos a 02.03.2017 às 20:42

Caro "Anónimo" quando indica que não conhece bem a Filipa mas escreve, e passo a citar, "Ela até escrevia bem nos seus blogs, fazia podcasts de rádio muito bons, mas claro ninguém lhe passava cartão, a Chic'Ana é que é a boazinha que escreve histórias engraçadas, e a Filipa é a má da fita que escreve mal como tudo. Enfim, fiquem lá com a vossa opinião perante a Filipa, e só digo isto...ainda bem que ela saiu dos blogs, assim não tem que levar com a vossa opinião invejosa e egoísta! Fique bem!" a minha pergunta é só uma: porventura o Sr. "Anónimo" não é a própria da Filipa? A defesa acérrima que faz à Filipa e as palavras que utilizou em todos os comentários que aqui deixou apontam para esse sentido! Outra grande questão é que diz que disse que a Filipa não se cansa de falar e defender-se das injúrias e calúnias que foi alvo neste post, infundadas de acordo com a própria, nas suas redes sociais particulares e até agora não lhe veio agradecer este apoio incondicional, estranho não é? Não se esqueça que a Minerva optou por gravar todos os IP's e existem muitos IP's dinâmicos, o meu é um deles o seu também pode ser mas isso depressa se descobre, veja lá se não lhe sai o tiro pela culatra. E "Prontos" fique bem Sr. "Anónimo"!
Sem imagem de perfil

De Filipa Bae a 04.03.2017 às 13:54

Sr./a "mais anónima que todos os anónimos", permita-me que lhe diga já que tem um nome bastante original! Foi assim baptizada na igreja, ou a conservatória rejeitou o seu nome verdadeiro (se é que o tem, certo?).
A Filipa sou eu, neste blog assino aqui com o meu nome verdadeiro, e não como anónimo. Se quiser dirigir-me a palavra, faça-o agora, ou cale-se para sempre. E se quiser até posso facultar-lhe o meu IP, se estiver interessada em saber...

Quanto ao anónimo que tem vindo a deixar comentários à minha pessoa, agradeço pelo apoio que tem manifestado. Infelizmente neste mundo de blogs a desconfiança é muita, e as pessoas já não podem deixar o seu depoimento que são logo atacadas. Enfim...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.03.2017 às 12:53

Minha cara anónima, a ''vossa'' forma de escrever é tão semelhante que pergunto-me mesmo se não será a ''coitadinha'' da Filipa. Coitadinha, somente no vosso ver pois no nosso ela é somente alguém demasiado egocentrica e imatura. Ter Boderline não é ser maldosa e mal educada, isso provém somente da educação que tem.
Já agora, a Chic'Ana nunca se manifestou contra a Mafalda/Filipa/Anónima/etc... muito pelo contrário! Apesar de ter levado com inveja e má educação, soube manter a postura e ser educada. Isso sim é de realçar. Filipa, cresça um bocado. A sua doença não desculpa tratar mal as pessoas e persegui-las. Deveria de rever todos os seus conceitos. E sim, se era para o continuar a fazer, ainda bem que acabou com os blogs ( todos os mil).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2017 às 12:51

Sinceramente, que texto mais baixo!
É uma falta de respeito rebaixarem uma pessoa que não tem culpa da suposta "doença" que tem. Isto só prova que as pessoas não têm nada que fazer e vem para aqui difamar e expor coisas sem o consentimento da pessoa. Lá porque a Filipa expôs a sua doença no seu blog, ninguém tem o direito de pegar nas suas palavras e criar um post para a ofender com o seu problema mental!

Filipa, eu estou do teu lado, pois eu sei o que é ter síndrome de Borderline, eu tenho um amigo que sofre a mesma doença que tu, e ainda bem que saiste dos blogs. Estas pessoas não têm vida própria e armam-se em grandes, que afinal vai-se a ver e não são grande coisa, são é uma cambada de invejosos!

Muita força, sê feliz com quem tens que ser, e não ligues à inveja dos bloggers que te atacaram, vê-se que estás feliz e isso é o melhor do mundo!
Quanto à pessoa que escreveu este texto e a todos os outros, tenham juízo e deixem de ser invejosos com a felicidade da Filipa, e respeitem a sua pessoa e a sua doença!
Imagem de perfil

De Pantapuff a 31.08.2017 às 18:13

Sou bem mais prática e nem perco tempo com o abre e fecha. É do estilo "olha mais um, daqui a 2 semanas vem outro". Já disse à moça o que acho e já se passaram uns anos... o tempo é demasiado precioso para se perder com isto mas compreendo a blogger aqui da casa e se fosse comigo acho que ainda faria pior mas pronto, let's all be happy e aproveitar os saldos ou algo assim :)

Comentar post


Pág. 2/2



Minerva

foto do autor



Cinzas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Fogueiras dos outros